CL
CURSO ANTERIOR
PRÓXIMO CURSO

DRAMATURGIA COMPARTILHADA

com Jefferson Miranda e Francisco Ohana


PERÍODO DO CURSO

15 JUN - 08 JUL


CARACTERÍSTICAS / Trata-se de um curso de escrita dramatúrgica compartilhada, tendo a “escuta” da cena como elemento retro-alimentador da escrita. Através de exercícios em que atores convidados tomam parte, seguindo instruções e fazendo usos de elementos sutis da improvisação, uma cena se manifesta e daí a possibilidade de sua escrita se revela. O curso será realizado inteiramente online, com acompanhamento individual dos integrantes com compartilhamento de referências e realização de debates coletivos em aula.

RELEVÂNCIA / O curso Dramaturgia Compartilhada busca reposicionar o ato da escrita dentro do processo criativo, chamando a atenção para o aspecto central da cena: as relações entre atores-personagens. Nessa abordagem, o texto deixa de assumir um papel de liderança a conduzir a cena para se tornar um dos elementos em que a cena, como rede de relações, se constitui. Lacunar, ele participa da composição de um campo preexistente, anterior a ele, criado pelos afetos subjacentes à cena.

OBJETIVO DO CURSO / Investigação e desenvolvimento de competências técnicas para o exercício da escrita dramatúrgica a partir de método específico de composição da cena. O curso visa proporcionar instrumentos técnicos na articulação da prática da cena com a elaboração textual de matriz dramatúrgica, além de construir e refinar um estado de atenção para a multiplicidade de textos que uma cena comporta. Em linhas gerais, busca reposicionar o ato da escrita dentro do processo criativo, valorizando as relações entre ator e personagem. O objetivo é deslocar o texto de sua liderança prévia para compreendê-lo, antes, como consequência de um processo cênico.

PÚBLICO-ALVO / Profissionais, estudantes, pesquisadores, artistas e interessados em geral. O curso não exige conhecimento específico prévio e é indicado para pessoas que pretendam conhecer processos artísticos expandidos de criação da cena, pondo-os em prática.

Em linhas gerais, o conteúdo dos encontros compreende exposição dos professores mediadores; discussão dos temas associados à construção dramatúrgica e à composição cênica; elaboração de argumentos técnicos, artísticos e teóricos. Os encontros possuem uma forte componente prática, estruturada em exercícios de observação e de escuta da cena, além de prever atividades práticas de escrita dramatúrgica. A distribuição dos conteúdos será definida pelo andamento das discussões e pelas dinâmicas identificadas nos primeiros encontros. Inicialmente, é possível prever que, nos primeiros 06 encontros (Palavra invisível), os participantes assistirão a demonstrações de atores convidados, conduzidas pelos mediadores.

Como suporte será utilizada uma dramaturgia já existente. Após a experiência da “cena” apresentada, os participantes serão então convidados a escrever. Nos 04 encontros subsequentes (Palavra Falada), os participantes do curso conduzirão os exercícios, propondo instruções a serem realizadas pelos atores, ainda com base em um texto preexistente. Após os exercícios, mais uma vez, partem para a escrita da dramaturgia da palavra. Nos últimos 04 encontros (Palavra escrita), os participantes assumem integralmente a condução dos exercícios, suas propostas e instruções, feitas agora sem o suporte de uma dramaturgia preexistente. Depois da prática com os atores, apresentam o resultado dos exercícios ao grupo, podendo, mais uma vez, ser proposta a escrita de um texto pelos demais integrantes.

 

• • •

observações
A partir de 16 anos.
Ao preencher a Ficha de Inscrição, leia atentamente o Regulamento.
No término do curso, o Certificado de Frequência será fornecido ao aluno que cumprir, no mínimo, 75% da sua carga horária.


Jefferson Miranda . Artista com doutorado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/Chelsea College of Arts. Dirigiu a ciateatroautônomo, de 1989 a 2013, tendo com ela realizado diversos projetos cuja proposta era a pesquisa das potencialidades da cena. Tem ministrado residências artísticas, cursos e oficinas, dirigido montagens de final de curso de formação de atores e tantos outros trabalhos na área cênica. Entre 2015 e 2016 foi professor do Curso de Artes Cênicas da PUC-Rio. Desde 2015, vem desenvolvendo projetos cênicos e performativos no Rio de Janeiro, em cidades do Reino Unido e, mais recentemente, Lisboa. [ www.jeffersonmiranda.co ]

Jefferson Miranda . Artista com doutorado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/Chelsea College of Arts. Dirigiu a ciateatroautônomo, de 1989 a 2013, tendo com ela realizado diversos projetos cuja proposta era a pesquisa das potencialidades da cena. Tem ministrado residências artísticas, cursos e oficinas, dirigido montagens de final de curso de formação de atores e tantos outros trabalhos na área cênica. Entre 2015 e 2016 foi professor do Curso de Artes Cênicas da PUC-Rio. Desde 2015, vem desenvolvendo projetos cênicos e performativos no Rio de Janeiro, em cidades do Reino Unido e, mais recentemente, Lisboa. [ www.jeffersonmiranda.co ]

- Leia Menos


Francisco Ohana . Escreveu e idealizou o espetáculo Bestas urbanas em 2019. Supervisionou Só percebo que estou correndo quando vejo que estou caindo (online), de Lane Lopes, em 2020. Dramaturgo, ao lado de Jefferson Miranda, de Istambul Istambul, trabalho apresentado em Lisboa, em 2019. Autor de Clash!, dirigida por Cesar Augusto em 2017. Coautor de Não adianta morrer, dirigida por Diogo Liberano em 2018. Autor participante da terceira turma do Núcleo de dramaturgia do SESI RJ em 2017; sua dramaturgia Escuta! foi publicada em 2018 pela editora Cobogó. Artista participante do Studio Cabaret Voltaire, do Tempo_Festival, com mediação de Jefferson Miranda, em 2018. [ www.franciscoohana.com ]

 

 

Francisco Ohana . Escreveu e idealizou o espetáculo Bestas urbanas em 2019. Supervisionou Só percebo que estou correndo quando vejo que estou caindo (online), de Lane Lopes, em 2020. Dramaturgo, ao lado de Jefferson Miranda, de Istambul Istambul, trabalho apresentado em Lisboa, em 2019. Autor de Clash!, dirigida por Cesar Augusto em 2017. Coautor de Não adianta morrer, dirigida por Diogo Liberano em 2018. Autor participante da terceira turma do Núcleo de dramaturgia do SESI RJ em 2017; sua dramaturgia Escuta! foi publicada em 2018 pela editora Cobogó. Artista participante do Studio Cabaret Voltaire, do Tempo_Festival, com mediação de Jefferson Miranda, em 2018. [ www.franciscoohana.com ]

 

 

- Leia Menos

Carga horåria

16 horas

HORÁRIO

15h30 - 17h30
3ª/5ª

VALOR

R$490,00

Pagamento em até
3 vezes no cartão.

LOCAL

ONLINE
INSCREVA-SE AQUI

Cursos relacionados


    As inscrições para este curso estão fechadas.

    Tenho interesse! Quero ser informado.



    Veja também