CL
CURSO ANTERIOR
PRÓXIMO CURSO

FALANDO ABSURDO

com Luiz Furlanetto


PERÍODO DO CURSO

10 MAI - 02 JUN


Vamos falar um pouco de Absurdo?

O teatro do Absurdo foi criado no fim da década de 50 pelo crítico inglês Martin Esslin, reunindo obras de dramaturgos de diversos países e que discutiam, entre outras coisas, os aspectos inesperados da vida.

Comicidade e sentimento trágico são aspectos comuns nos textos; situações banais, frases feitas, gestuais repetitivos criam situações aparentemente sem sentido. Tudo isso para justificar uma crise existencialista que afirma definitivamente a solidão e a responsabilidade do homem por seu destino em um mundo sem fé.

No teatro do Absurdo busca-se criar outros universos, estranhos, porém parecidos ao universo cotidiano.

O curso tem como objetivo ajudar o ator a desenvolver seu lado crítico e cômico, dando ferramentas para que ele aperfeiçoe sua capacidade “de fazer o teatro do ABSURDO”.

Vamos trabalhar textos de alguns dos mais consagrados autores – Beckett, Ionesco, Arrabal, Tardieu– e exercícios cênicos que ajudarão na criação de cenas baseadas na temática.

E então?

Vamos falar Absurdo?

 

• • •

observações
A partir de 16 anos.
Ao preencher a Ficha de Inscrição, leia atentamente o Regulamento.
No término do curso, o Certificado de Frequência será fornecido ao aluno que cumprir, no mínimo, 75% da sua carga horária.


Luiz Furlanetto . Ator, diretor, formado pela Escola Macunaíma de Teatro – SP, trabalhou por mais de dez anos com o diretor de teatro Antunes Filho, onde ajudou também a formar o Grupo Boi Voador de Teatro, dirigido por Ulysses Cruz. Ao lado de Antunes, participou das montagens “Paraíso Zona Norte”, “Nova Velha Estória”, “Gilgamesh”, participando também ativamente na criação do espetáculo “Nas Trilhas da Transilvânia”, entre outros. Ainda com Antunes, participou de vários festivais internacionais de teatro e ao lado de Ulysses Cruz, do FITEI e FITE, Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica – Portugal e Festival Internacional de Teatro de Cadiz – Espanha, respectivamente. Trabalhou com Maurice Bènichou na montagem brasileira de “A Conferência dos pássaros” de Peter Brook.

Diretor já premiado com o PRÊMIO SHELL de MELHOR DIREÇÃO, por TRAINSPOTTING – a peça, dá aulas de interpretação teatral, na CAL desde 1997.

Luiz Furlanetto . Ator, diretor, formado pela Escola Macunaíma de Teatro – SP, trabalhou por mais de dez anos com o diretor de teatro Antunes Filho, onde ajudou também a formar o Grupo Boi Voador de Teatro, dirigido por Ulysses Cruz. Ao lado de Antunes, participou das montagens “Paraíso Zona Norte”, “Nova Velha Estória”, “Gilgamesh”, participando também ativamente na criação do espetáculo “Nas Trilhas da Transilvânia”, entre outros. Ainda com Antunes, participou de vários festivais internacionais de teatro e ao lado de Ulysses Cruz, do FITEI e FITE, Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica – Portugal e Festival Internacional de Teatro de Cadiz – Espanha, respectivamente. Trabalhou com Maurice Bènichou na montagem brasileira de “A Conferência dos pássaros” de Peter Brook.

Diretor já premiado com o PRÊMIO SHELL de MELHOR DIREÇÃO, por TRAINSPOTTING – a peça, dá aulas de interpretação teatral, na CAL desde 1997.

- Leia Menos

Carga horåria

13 horas

HORÁRIO

20h - 21h40
2ª/4ª

VALOR

R$ 390,00 Pagamento em até
2 vezes no cartão.

LOCAL

ONLINE
EM BREVE NOVAS DATAS TENHO INTERESSE

Cursos relacionados


    As inscrições para este curso estão fechadas.

    Tenho interesse! Quero ser informado.



    Veja também