CL
CURSO ANTERIOR
PRÓXIMO CURSO

OFICINA DO RISO - INTERPRETAÇÃO PARA COMÉDIA

com Claudio Gabriel


PERÍODO DO CURSO

09 NOV - 02 DEZ


A OFICINA DO RISO tem como objetivo principal conhecer e apurar as características e/ou técnicas do(a) ator/atriz iniciante ou profissional no que diz respeito à interpretação para comédia.

Para trabalhar com humor no teatro, televisão, cinema ou internet (incluindo o novo modelo de espetáculos on-line) é preciso autoconhecimento e despojamento que extrapolem a razão. No sentido de ampliar as possibilidades de comunicação e expressão, pesquisaremos a cena por meio de exercícios e jogos de texto, situação, improviso, foco, estado, verdade, ritmo, investigando as variantes possíveis deste modo específico de atuação, considerando também as abordagens sugeridas pelos alunos(as), bem como suas habilidades e interesses.

Oscilando entre teoria e prática, estudaremos – a partir do nascimento das primeiras comédias na Grécia Antiga – sobre o desenvolvimento e a importância do humor na sociedade ou, em outras palavras, sobre como a humanidade reconhece, através do riso, o quanto somos errantes e incompletos(as). Também vamos abordar as diferenças e semelhanças entre o(a) palhaço(a) e o(a) artista de rua, as duplas e trios clássicos do teatro, televisão e cinema, a comédia stand-up e o humor na internet, dentre outros assuntos e curiosidades. O(A) aluno(a) participará ativamente do processo de criação das cenas, utilizando elementos como figurinos, cenários, objetos, desenhos de luz, textos e enquadramentos de câmera propostos dentro das possibilidades de cada um(a), além das ferramentas disponíveis na plataforma ZOOM de videoconferência.


Claudio Gabriel . Carioca, 51 anos, formou-se como ator em 1992 na Escola de Teatro Martins Pena, no Rio de Janeiro. Em 2015 formou-se Bacharel em Teatro na Faculdade CAL de Artes Cênicas. Sua trajetória profissional é marcada pela atuação ininterrupta no teatro e no audiovisual há cerca de 30 anos. Foi indicado ao Prêmio Coca-Cola de Teatro Jovem, em 1996, por Histórias de Sherazade, direção de Jorge Crespo, e em 2012 ao Prêmio Questão de Crítica, por Arte, direção de Emílio de Mello. Em 2008, ganhou o prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema do Paraná, por Alucinados, filme de Roberto Santucci. Em 2017 estreou como diretor de teatro em Êxtase, de Walcyr Carrasco, e em 2018 dirigiu também The And, solo da atriz Isabel Cavalcanti

.

Destaques:
Peças de teatro: A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa (2020/ Direção: André Paes Leme); Hollywood (2017/ Direção: Gustavo Paso); Arte (2012/ Direção: Emílio de Mello); A Hora e Vez de Augusto Matraga (2007/ Direção: André Paes Leme) e Desesperados (2006/ Direção: Fernando Ceylão).

Novelas e séries de televisão: Amor de Mãe (2020/ Rede Globo); Impuros (2019/ Fox); Ilha de Ferro (2020/ Globo Play); Conselho Tutelar (2017/ Record TV); Terra Prometida (2016/ Record TV), Fora de Controle (2012/ Record TV); Laços de Família (2000/ Rede Globo) e Memorial de Maria Moura (1994/ Rede Globo).

Cinema: Vida Invisível (2019/ Direção: Karim Ainouz); Ninguém Ama Ninguém Por Mais de Dois Anos (2015/ Direção: Clóvis Mello); Alucinados (2007/ Direção: Roberto Santucci); Bellini e a Esfinge (2002/ Direção: Roberto Santucci) e Anahy de las Misiones (1996/ Direção: Sérgio Machado)

... Leia Mais Leia Menos

Claudio Gabriel . Carioca, 51 anos, formou-se como ator em 1992 na Escola de Teatro Martins Pena, no Rio de Janeiro. Em 2015 formou-se Bacharel em Teatro na Faculdade CAL de Artes Cênicas. Sua trajetória profissional é marcada pela atuação ininterrupta no teatro e no audiovisual há cerca de 30 anos. Foi indicado ao Prêmio Coca-Cola de Teatro Jovem, em 1996, por Histórias de Sherazade, direção de Jorge Crespo, e em 2012 ao Prêmio Questão de Crítica, por Arte, direção de Emílio de Mello. Em 2008, ganhou o prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema do Paraná, por Alucinados, filme de Roberto Santucci. Em 2017 estreou como diretor de teatro em Êxtase, de Walcyr Carrasco, e em 2018 dirigiu também The And, solo da atriz Isabel Cavalcanti

.

Destaques:
Peças de teatro: A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa (2020/ Direção: André Paes Leme); Hollywood (2017/ Direção: Gustavo Paso); Arte (2012/ Direção: Emílio de Mello); A Hora e Vez de Augusto Matraga (2007/ Direção: André Paes Leme) e Desesperados (2006/ Direção: Fernando Ceylão).

Novelas e séries de televisão: Amor de Mãe (2020/ Rede Globo); Impuros (2019/ Fox); Ilha de Ferro (2020/ Globo Play); Conselho Tutelar (2017/ Record TV); Terra Prometida (2016/ Record TV), Fora de Controle (2012/ Record TV); Laços de Família (2000/ Rede Globo) e Memorial de Maria Moura (1994/ Rede Globo).

Cinema: Vida Invisível (2019/ Direção: Karim Ainouz); Ninguém Ama Ninguém Por Mais de Dois Anos (2015/ Direção: Clóvis Mello); Alucinados (2007/ Direção: Roberto Santucci); Bellini e a Esfinge (2002/ Direção: Roberto Santucci) e Anahy de las Misiones (1996/ Direção: Sérgio Machado)

... Leia Mais Leia Menos

- Leia Menos

Carga horåria

13 horas

HORÁRIO

20h - 21h40
2ª/4ª

VALOR

R$ 300,00 Veja as formas de pagamento ao efetuar sua inscrição online.

LOCAL

ONLINE
EM BREVE NOVAS DATAS TENHO INTERESSE

Cursos relacionados


    As inscrições para este curso estão fechadas.

    Tenho interesse! Quero ser informado.



    Veja também