"A grande qualidade da CAL nesses anos foi desenvolver com absoluta honestidade e organização a praticidade de seus cursos, a pesquisa cênica, o embate do jogo interpretativo dentro das diversas categorias."

Fernanda Montenegro



"O que eu posso dizer da CAL? Essa casa é uma referência inevitável do teatro carioca nos últimos anos."

Aderbal Freire-Filho




"Na CAL senti um alto nível de profissionalismo desenvolvido pela escola. "

Cleyde Yáconis




"Aprendi muito ensinando na CAL.
E assim como eu, muitos e muitos atores, diretores, professores e alunos."


Amir Haddad

 


"O aluno que entra na CAL cruza uma porta que dá diretamente no convívio com grandes artistas. "

Cecil Thiré



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Curso de Interpretação: Espetáculos de Formatura / Histórico


Uma das peculiaridades do Curso de Formação Profissional de Ator - que o distingue dos seus congêneres - é o Estágio Final de Prática de Montagem na cadeira de Encenação 2 a que cada turma do curso profissionalizante de ator/curso de interpretação é submetida antes de se formar. Esse estágio final é realizado sob a forma de um espetáculo completo, dirigido por um encenador especialmente convidado, e que entra em cartaz em algum teatro do circuito profissional da cidade do Rio de Janeiro.

Desde 1985 até agora, foram realizadas mais de 130 produções, as quais contribuíram positivamente para o panorama teatral da cidade nas suas respectivas temporadas:

2016

ÓPERA PÂNICA
Texto de Alejandro Jodorowsky
Direção de Marcelo Morato

HAVERÁ UM TEMPO EM QUE TUDO SERÁ COMO NÓS SONHAMOS
Inspirado nas obras de Anton Tchekhov
Direção de Renato Rocha

2015

RICARDO III ESTÁ CANCELADA 
Ou CENAS DA VIDA DE MEYERHOLD

Texto de Matéi Visniec
Direção de Bruce Gomlevsky

O INSPETOR GERAL
Texto de Nikolai Gogol
Direção de Nello Marrese

DIÁRIO DE UM LOUCO
Texto de Nikolai Gogol
Adaptação livre e direção de Renato Carrera

A FACE HORRÍVEL

Contos de Ivan Ângelo
Direção Lourival Prudêncio

A CONFERÊNCIA DOS PÁSSAROS
Texto de Farid ud-Din Attar
Adaptação Jean Claude Carrière
Direção Alain Alberganti

2014

NOISES OFF OU UMA PEÇA PELO AVESSO
De Michael Frayn
Direção Luiz Valcazaras

A ESTUPIDEZ
De Rafael Spregelburd
Direção Pedro Brício

YERMA
De Federico Garcia Lorca
Tradução de Cecília Meireles
Direção Renato Carrera

AS MOSCAS
De Jean Paul Sartre
Direção Sotiris Karamesinis

2013

PRESAS
de Ignácio del Moral e Verónica Fernandez
Direção Sotiris Karamesinis

MOLIÈRE - A LIGA DOS HIPÓCRITAS
de Mikhail Bulgakov
Direção Bruce Gomlevsky

GREVE DO SEXO

Adaptação do original de Aristófanes: Daniel Marques e Tiago Marques
Direção Daniel Marques

CARNAVAL RUÇO
Texto de Henrique Gusmão
Direção Celina Sodré

O DESPERTAR DA PRIMAVERA
Texto de Frank Wedekind
Direção Nello Marrese

COMÉDIA RUSSA
Texto e direção PEDRO BRÍCIO

GOTA D'ÁGUA
Texto de Chico Buarque e Paulo Pontes
Direção IVAN SUGAHARA

2012

IFIGENIA EM ÁULIS
de Eurípides
Direção SOTORIS KARAMESINIS

HOJE NUNCA É OUTRO DIA
livremente inspirado nas "Alices", de Lewis Carrol
Adaptação e direção MARCELO MORATO

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO
de Willian Sheakespeare
Direção NELLO MARRESE

PARAÍSO ZONA SUL
de Jô Bilac
Direção INEZ VIANNA

EU ME AFOGO EM QUALQUER POÇA
é uma livre adaptação teatral dos romances “MRS. DALLOWAY” de Virginia Woolf e “AS HORAS” de Michael Cunningham, ambos transpostos no filme"As Horas", de Stephen Daldry.
Direção MARCELO MORATO

A PENA E A LEI
de Ariano Suassuna
Direção CAIQUE BOTKAY

2011

DIVINARIAS
adaptação livremente inspirada no romance "Nossa Senhora das Flores", de Jean Genet
Direção INEZ VIANA

(entre parênteses)
adaptação livremente inspirada no filme “O Anjo Exterminador”, de Luiz Buñuel
Direção MARCELO MORATO

TEATRO TÔNICO
Um espetáculo de Hamilton Vaz Pereira
TEATRO TÔNICO é um espetáculo composto de 12 cenas independentes entre si, em trama, temática e estilo, e que faz uma observação sobre a vida contemporânea, e em especial, a brasileira

DOR E DELÍCIA
Adaptação a partir do mito da guerra de Tróia
Direção FELIPE VIDAL

COTIDIANAMENTE,
Textos de Renata Mizrahi, Julia Spadaccini, Henrique Tavares, Felipe Barenco, Camilo Pellegrini e Carla Faour
Direção DUDU SANDRONI

ESSA NOITE SE IMPROVISA,
De Luigi Pirandello
Direção David Herman

NEM SEI COMO TUDO COMEÇOU,
Livremente inspirado em Amores Brutos, 21 gramas e Babel
Direção Marcelo Mello

- 2010 -

CARROSSEL,
Direção e dramaturgia de ADRIANO GARIB

UMA PEÇA SEM NOME,
a partir de "As You Like It" de William Shakespeare
Argumentação e direção geral de CÉZAR AUGUSTO

TRAGÉDIA BRASILEIRA,
Roteiro e direção de NUNO GIL

TRISTÃO E ISOLDA AO VIVO,
de Ivan Sugahara e Leonardo Netto
Direção de IVAN SUGAHARA

O TELESCÓPIO - TEMPO E MEMÓRIA,
De Jorge Andrade
Direção de INÊS HOFFMANN

RELAÇÕES PERIGOSAS,
de Chordelos de Laclos
Adaptação e direção de MARCELO MELLO

ALVODOAMOR,
de João Fonseca e Vinícius Arneiro
Direção de JOÃO FONSECA

- 2009 -

OS ORDINÁRIOS,
Inspirado no filme "Feio, Sujos e Malvados"
Direção de Inez Vianna

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE
Roteiro de textos de Tchekhov
Direção de Thierry Trémouroux

AS BRUXAS DE SALÉM
de Arthur Miller
Direção de Ivan Sugahara

451
livre adaptação do livro Farenheit 451, de Ray Bradbury
Direção de Felipe Vidal

CRIME E CASTIGO,
De Dostoiévski
Adaptação e direção de MARCELO MELLO

MEMÓRIAS DE UM RATO,
Adaptação do livro de João do Rio
Direção de CÉSAR AUGUSTO

- 2008 -

DEIXA EU BRINCAR DE SER FELIZ, DEIXA EU PINTAR O MEU NARIZ, adaptação livre de Cyrano de Bergerac, de Edmond Rostand
Direção de IVAN SUGAHARA

OS ÁTRIDAS
De Ésquilo, Sófocles e Eurípides
Adaptação e Direção de MARCELO MELLO

BOCA DE OURO
De Nelson Rodrigues
Direção de ADRIANO GARIB

M. EM BUSCA DE UM ASSASSINO
Adaptação do filme M. o vampiro de Düsseldorf, de Fritz Lang
Direção de OLE ERDMAN

O CASTELO
De Franz Kafka
Adaptação, direção, cenário e figurino SILVIA PASELLO

LEONCE X LENA
Texto de Georg Buchner, tradução João Marschner
Direção e Trilha Sonora de THIERRY TRÉMOUROUX

MACHADO DE ASSIS ESTA NOITE!
Adaptação de José Antônio de Souza e direção de TONICO PEREIRA e MARINA SALOMON

O QUADRO DAS MARAVILHAS
Adaptação a partir de "El Retablo de las Maravillas", de Cervantes
Adaptação e direção ROBERTO INNOCENTE



- 2007 -



E VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE,
texto de Charles Perrault e
direção de THIERRY TRÉMOUROUX

A DANÇA DO HOMEM ,
texto de Gillray Coutinho e direção de INÊS VIANA

MAIS TRISTE HISTÓRIA NUNCA ACONTECEU QUE ESTA DE JULIETA E SEU ROMEU,
Romeu e Julieta de Willian Shekespeare, tradução de Barbara Heliodora e direção de THIERRY TRÉMOUROUX

GERMÂNIA 3,
de Heiner Müller e direção de OLE ERDMANN

AGORA, AQUELE SORRISO
texto e direção de HAMILTON VAZ PEREIRA


- 2006 -

,MAS A VIDA É BOA.., texto de Adriano Garib
direção de JEFFERSON MIRANDA

CAIU O MINISTÉRIO...AS DOUTORAS,
texto de França Junior
direção de DUDU SANDRONI

AS ALEGRES COMADRES,
de W. Shakespeare
direção de STELLA MIRANDA

OS SELVAGENS,
de A. Tchekov
direção de JEFFERSON MIRANDA

DON JUAN,
de Molière
direção de THIERRY TREMOUROUX

OS 7 GATINHOS,
de Nelson Rodrigues
direção de ADRIANO GARIB


- 2005 -

JOÃO TERNURA,
texto de Aníbal Machado com adaptação inédita de Rubens Corrêa - direção de MARCUS ALVISI

A DOIS PASSOS DA ILUSÃO,
adaptação livre do romance de Horace McCoy "A Noite dos Desesperados", (They shoot horses, dont´they?) - direção de TONICO PEREIRA e MARINA SALOMON

A MENTE CAPTA,
texto Mauro Rasi - direção de LUIZ FURLANETTO

UM SÁBADO EM 30,
texto de Luiz Marinho - direção de CÉCIL THIRÉ e NANCY GALVÃO

A GERAÇÃO TRIANON,
texto de Anamaria Nunes - direção e trilha sonora de DUDU SANDRONI

VEREDA DA SALVAÇÃO,
texto de Jorge Andrade - direção de JOÃO FONSECA

UM ENSAIO SOBRE HOMEM E SUPER-HOMEM,
texto de Bernard Shaw, adaptação do texto e trilha sonora de Amir Harif e tradução de Moacir Werneck de Castro - direção de GILBERTO GAWRONSKI



- 2004 -

BONITINHA MAS ORDINÁRIA,
de Nelson Rodrigues - direção de MOACIR CHAVES

UM BEIJO, UM ABRAÇO, UM APERTO DE MÃO,
de Naum Alves de Souza - direção de JOÃO FONSECA

DO NOIVADO AO DIVÓRCIO,
espetáculo composto por duas peças inéditas de Georges Feydeau – “Os Noivos” e “Os Divorciados” - direção de GILLES GWIZDEK

IDIOTAS QUE FALAM OUTRA LÍNGUA
,
de Rubem Fonseca e textos de autoria dos atores - direção de MOACIR CHAVES

HAMLET,
de William Shakespeare - direção de MARCUS ALVISI

A BOLÍVIA DA ÉPOCA DEL CHE,
Texto e direção de Márcio Augusto

AS TROIANAS,
de Eurípedes, adaptação, de Jean Paul Sartre, tradução de Antônio Pedro Borges de Oliveira - direção de MOACYR GÓES


- 2003 -

PANO DE BOCA,
de Fauzi Arap - direção de MARCUS ALVISI

FELIZ ANIVERSÁRIO,
de Clarice Lispector - adaptação e direção de PAULO DE MORAES

A VIDA NÃO PROMETE,
texto e direção de HAMILTON VAZ PEREIRA

A PENA E A LEI,
de Ariano Suassuna - direção de JOÃO FONSECA

FERNANDO OU O CINTO ACUSADOR,
de Martins Pena - direção de MOACIR CHAVES

VESTIDO DE NOIVA,
de Nelson Rodrigues - direção de TICIANA STUDART

- 2002 -

A PAZ,
de Aristófanes - direção de AMIR HADDAD

COMEMORANDO?
roteiro e direção de DENISE WEINBERG

TECIDO MAU-DITO,
A HISTÓRIA DO PANO LISTRADO - roteiro e direção de GILBERTO GAWRONSKI

A PÉCORA
,
de Natália Correia - direção de LUIZ FURLANETTO

- 2001 -

O SONHO,
de August Strindberg - direção de MOACYR GÓES

OS GÉRMENS DA DISCÓRDIA,
de Rogério Blat - direção de RICARDO BLAT

QUEBRA-CABEÇA,
roteiro e direção de GILBERTO GAWRONSKI

RETRATOS DE NELSON,
da obra de Nelson Rodrigues, com roteiro e direção de MOACYR GÓES

QUASE TUDO SOBRE EVA,
da obra de Federico Garcia Lorca, com roteiro e direção de JOÃO FONSECA

O INSPETOR GERAL,
de Nikolai Gogol - direção de LUIZ FURLANETTO

- 2000 -

CHARENTON
livremente inspirada na peça Marat-Sade, de Peter Weiss - direção de PAULO DE MORAES

O DIBUK,

de Schalom An-Ski - direção de ANA TEIXEIRA e STEPHANE BRODT

A MENTECAPTA,
de Mauro Rasi - direção de IVONE HOFFMANN

COMO O TEMPO PASSA QUANDO A GENTE SE DIVERTE
a partir de Esperando Godot, de Samuel Beckett - roteiro e direção de ANA KFOURI

A RÚSSIA DE TCHEKOV,
roteiro, adaptação e direção de BÁRBARA HELIODORA

HOMENS DE PAPEL,
de Plínio Marcos - direção de MAURÍCIO LENCASTRE


- 1999 -

EM BUSCA DA FELICIDADE
texto e direção de ROSYANE TROTTA

UM HOMEM CHAMADO SHAKESPEARE,
roteiro e direção de BÁRBARA HELIODORA

BONITINHA MAS ORDINÁRIA,
de Nelson Rodrigues
direção de TICIANA STUDART

BISPO JESUS DO ROSÁRIO, A VIA SACRA DOS CONTRÁRIOS,
de Clara Góes
encenação de MOACYR GÓES

- 1998 -

AS TROIANAS,
de Eurípedes, adaptação de Jean-Paul Sartre - direção de LUIZ FURLANETTO

LOVE FOR LOVE,
de William Congreve
direção de ALFREDO DE AGUIAR

A COZINHA,
de Arnold Wesker
direção de DAVID HERMAN

MACHADO DE ASSIS ESTA NOITE!,
roteiro e adaptação de José Antônio de Souza - direção de MARCUS ALVISI

CENAS DE FAMÍLIA,
da obra de Nelson Rodrigues
concepção e direção de MARCUS ALVISI


- 1997 -

PARTY TIME,
de Harold Pinter - direção de TERRY O'REILLY (Mabou Mines - NY)

XÍCARA DE CHÁ
compilação de textos de Katherine Mansfield e D. H. Lawrence - direção de CELINA SODRÉ

GRAAL : RETRATO DE UM FAUSTO QUANDO JOVEM
de Haroldo de Campos - encenação de GERALD THOMAS

- 1996 -

O CONCÍLIO DO AMOR,
de Oskar Panizza. Um espetáculo de GILBERTO GAWRONSKI com Ricardo Blat (ator convidado)

RALÉ,
de Máximo Gorki - direção de PAULO DE MORAIS

MEMÓRIAS DO VELHO MUNDO

concebido e dirigido por STEPHANE BRODT e ANA TEIXEIRA

NOITE DE REIS OU O QUE QUISEREM,
de William Shakespeare - direção de MOACIR CHAVES


- 1995 -

ESTA NOITE SE IMPROVISA,
de Luigi Pirandello - direção de AMIR HADDAD

IMPRESSÕES TRANSITÓRIAS
concepção e direção de MARIA HELENA LOPES

- 1994 -

LISÍSTRATA,
de Aristófanes - direção de MOACYR GÓES

A ALMA QUANDO SONHA É TEATRO,
criação coletiva - direção de MÁRCIO VIANNA


- 1993 -

O BURGUÊS FIDALGO,
de Molière
direção de MARCOS VOGEL

POR UM TRIZ,
de Thornton Wilder
direção de CLÁUDIO TORRES GONZAGA

- 1992 -

VIVA O CORDÃO ENCARNADO,
de Luiz Marinho - com direção de LUIZ MENDONÇA

O TEATRO CÔMICO,
de Carlo Goldoni - direção de AMIR HADDAD

- 1991 -

O MAMBEMBE,
de Arthur Azevedo - direção de AMIR HADDAD

LÍNGUA DE DRAGÃO,
de Oswald de Andrade, adaptação de Chacal - direção de ERIC NIELSEN

- 1990 -

BODAS DE SANGUE,
de Federico García Lorca - direção de RENATO ICARAHY


- 1989 -

SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME
de Oduvaldo Vianna Filho - direção de AMIR HADDAD

- 1988 -

ARMAGEDON,
inspirado na obra de Aristófanes - direção de MAURÍCIO ABUD

O FOGO, CADÊ O FOGO?,
de Clóvis Levi - direção de FERNANDO BOHRER

- 1987 -

A SALAMANCA DO JARAU,
de Simões Lopes Neto - direção de LUIZ ARTHUR NUNES

BAFAFÁ,
de Carlo Goldoni - direção de GILLES GWIZDEK

HELIOGÁBALO, O ANARQUISTA COROADO,
de Antonin Artaud - direção de MAURÍCIO ABUD

LENZ - PASSEIOS DA SOLIDÃO,
de Georg Büchner - direção de MOACYR GÓES

- 1986 -

ATACA FELIPE!,
de Arthur Azevedo - direção de LUIZ ANTÔNIO MARTINEZ CORRÊA

IDÉIAS E REPETIÇÕES - UM MUSICAL DE GESTOS
com roteiro e direção de BIA LESSA

- 1985 -

LISÍSTRATA,
de Aristófanes - direção de EDUARDO TOLENTINO

SONHOS DE UMA NOITE DE VERÃO,
de William Shakespeare - direção de ALCIONE ARAÚJO

A MÃE,
de Bertold Brecht - com direção de JOÃO DAS NEVES
com Lélia Abramo (atriz convidada)

QUIXOTE,
de Cervantes - adaptação e direção de ERIC NIELSEN


CAL Cursos Escola de Teatro